Blog ACONTECE

O Boxe e o Cinema

15/03/2016 05:00:22

Bom dia a todas e todos!

 

Está acontecendo no Palácio das Artes a mostra cinematográfica A Nobre Arte, que traz como tema central algo muito retratado dramaticamente no cinema: o boxe.


A Nobre Arte
traz o tema boxe às telas do Palácio. Este esporte é um dos mais usados como elemento narrativo no cinema, do drama à comédia. 22 obras serão apresentadas durante a mostra, que vai até o fim deste mês, indo de comédias mudas como Campeão de Boxe e Luzes da Cidade, de Charles Chaplin, ao drama de Martin Scorsese com seu Touro Indomável – filme sobre a vida do polêmico lutador Jake La Motta, interpretado por Robert De Niro

Diretores como Robert Wise, John Houston, Stanley Kubrick, Raoul Walsh, King Vidor também constam na programação, que você pode ver completa por aqui.

 

O Vencedor
Mark Wahlberg e Christian Bale estão no emocionante O Vencedor, de David Russell.

 

Hoje (15) tem:


16h50
 – Homeboy – Chance de Vencer, de Michael Seresin (Homeboy, EUA, 1988) | 14 anos | 116’

Johnny Walker é um cowboy e um boxeador. Ele é muito tímido e meio bobo, e também está apaixonado por Ruby, mas não pode dizer a ela. Ele é um pouco velho demais para continuar lutando boxe, mas é a única coisa que sabe fazer bem


19h
– Campeão de Boxe, de Charles Chaplin (The Champion, EUA, 1915) | 31’

Passeando com seu buldogue, o vagabundo encontra uma ferradura do lado de fora de um ginásio. Com o objeto, ele decide testar sua sorte em um desafio de boxe, enfrentando como sparring um lutador profissional. O vagabundo esconde a ferradura na luva e consegue nocautear o lutador da academia. O treinador o coloca como o novo lutador e ele passa a treinar para uma nova e grande luta. A filha do treinador se interessa por ele e um trapaceiro tenta convencê-lo a perder o embate.

Na sequência – Luzes da cidade, Charles Chaplin (City Lights, EUA, 1931) | 87’

Um vagabundo (Charles Chaplin) impede um homem rico (Harry Myers), que está bêbado, de se matar. Grato, ele o convida até sua casa e se torna seu amigo. Só que ele esquece completamente o que aconteceu quando está sóbrio, o que faz com que o vagabundo seja tratado de forma bem diferente. Paralelamente, o vagabundo se interessa por uma florista cega (Virginia Cherrill), a quem tenta ajudar a pagar o aluguel atrasado e a restaurar a visão. Mas ela pensa que seu benfeitor é, na verdade, um milionário.


21h15
O Vencedor, David O. Russell (The Fighter, EUA, 2010) | 116’

1993. Dicky Ecklund (Christian Bale) teve seu auge ao enfrentar o campeão mundial Sugar Ray Leonard em uma luta de boxe, colocando a pequena cidade de Lowell no mapa. Até hoje ele vive desta fama, apesar de ter desperdiçado a carreira devido às drogas. Micky Ward (Mark Wahlberg), seu irmão, tenta agora a sorte no mundo do boxe, sendo treinado por Dicky e empresariado por Alice (Melissa Leo), sua mãe. Só que a família sempre o coloca em segundo plano em relação a Dicky, o que impede que Micky consiga ascender no esporte. A situação muda quando ele passa a namorar Charlene Fleming (Amy Adams), que o incentiva a deixar a influência familiar e tratar a carreira de forma mais profissional.

As exibições acontecem todas no Cine Humberto MauroPalácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537 – Centro). As entradas são todas gratuitas naquele esquema: retirar os ingressos 30 minutos antes de cada sessão.


Aproveitem!

Comentários